· 

A Energia KI

O Reiki também trabalha para movimentar o ki, chi, prana através do corpo. A energia se move através dos canais primarios e por caminhos energéticos ramificados, chega as mãos. A iniciação em Reiki abre e ilumina os canais primarios e após cada nova iniciação em Reiki aumenta  a capacidade que os canais tem manter e transmitir a energia ki. Portanto, Ki é a força da vida, a energia imaterial onipresente em tudo na vida, no seu fluxo anima todos os seres vivos e permeia o Universo, ligando todas as coisas como um todo.

 

É a energia básica que interliga com o físico e com o espiritual, através da qual o humor e o pensamento agem sobre o mundo físico. Sendo uma energia fluida e onipresente, os antigos a consideravam o próprio ar como tem a ver com o estado de espírito, associavam-na também ao humor. A sua qualidade determina a sua cor, que só pode ser vista por pessoas sensitivas.

 

Enquanto um ser está vivo, possui força vital circulando e cercando a sua volta, mas quando morre a força vital o deixa. Caso a sua força vital esteja fraca, ou haja restrição no seu fluxo, sentir-se-á cansado e estará mais vulnerável a doenças. Quando essa mesma energia (ki) está fluindo livremente e com força, dificilmente adoecerá e sentir-se-á forte, confiante, e preparado para enfrentar a vida.

 

Recebemos o Ki pelo ar que respiramos, pela comida, luz solar, e pelo sono, e também é possível aumentar a nossa energia através de exercícios de respiração e meditação. O Ki é usado por mestres de artes marciais no seu treino físico e desenvolvimento espiritual.

É usada em exercícios de respiração meditativos chamados Pranayama, e pelos xamãs de todas as culturas para adivinhação e ciência, manifestação e curas psíquicas. Todas as pessoas esotéricas trabalham com a energia Ki, embora cada um a chame e a entenda como quiser. 

 

Fonte - Reiki Essencial 

Diana Stein , 1995